O IX CONERE EM VERSO ATRAVÉS DO CORDEL

                                                  Autor Cícero Alves

               



O Ensino Religioso
É cultura de paz
E o respeito ao diferente
É o que lhe apraz
Dentro da alteridade,
Conhece a ralidade
Do que o outro faz.




Formamos o cidadão,                                         
Dotado de criticidade
Que respeita o diferente,
Base da alteridade.
E dentro dessa cultura
Ele só ganha altura
Nas asas da liberdade





                                     O voo da liberdade
Que lhe permite pairar
Sobrevoar a cultura
E saber apreciar
O que há de interessante
  No viver do semelhante
Pra nele se espelhar.




Esse tribunal não sabe
Que não tocamos sino.
Precisam despertar.
Acho que tão dormindo                                         
Como tudo no planalto
Precisam descer do salto,
Senão findam caindo.



                                         Não podemos aceitar
                                        Tamanha barbaridade
                                               Vamos à luta
                                       Antes que tudo ele acabe,
                                       Pois sem mérito pra atuar
                                            Resolve a mesa virar
                                      Pensando que tudo sabe.



Um superior tribunal
Que a tudo extermina
Mas parecendo o mercúrio
Despejado pelas minas                                   
Sem conhecimento de causa
Resolve dá uma pausa
Na forma como se ensina







                Num ensino plural
Não vamos montar palanque
Pra líder religioso
Só porque é falante
Sala de aula não é lugar 
De ninguém doutrinar
Numa prática ignorante




Aqui não se forma padre
Freira nem sacristão.
Aqui se prepara o homem
Para ser cidadão                                            
Que tem capacidade
Pra viver em sociedade,
Sem fazer confusão.








Não posso ser 
Sem que o outro seja.
Não posso usar a sala
Pra montar minha igreja.
Num estado laico
Esse modelo arcaico
Não cabe na mesa.



O FONAPER está alerta,
Tremulando nossa bandeira
Jamais será omisso
Com essa atitude grosseira                    
De quem não tem gabarito
E faz uso do apito
Pra apitar bobeira





Parabenizo aos colegas
Que continuam de pé
A toda comissão
Que Compõe o FONAPER
A esse povo valente
Que com unhas e dentes
Lutam com fé




Congressistas vamos à luta.
Imponentes até a vitória.
Caminhando unidos                                                                                       
Enfrentando a situação vexatória                         
Rumo ao grande triunfo                
Outra vez vamos à glória.                                       





















Ciço do Cordel
Aluno de Ciências da Religião/UERN
Bolsista do PIBID Ensino Religioso/ Ciências da Religião

Sugestões

-Esta é uma das habilidades para você professor/a desenvolver em sala de aula de ER, juntamente com estudantes...

-Além de paródias...Com certeza sua aula será muito enriquecida com essa temática.

-Quem se habilita?
                       

                                                                               

Comentários