PARÓDIA: EU NÃO NEGO O ENSINO RELIGIOSO NA BNCC


MÚSICA: POR QUE DIZER QUE NÃO FALEI DAS FLORES
(Geraldo Vandré)

Paródia (Profª. Maria José Torres Holmes)

1-Caminhando e falando, do Ensino Religioso.
Que durante muito tempo, viveu misterioso.
Onde índios e negros marginalizados.
E viviam açoitados, e escravizados.

Refrão
Hoje ensinamos, sobre a pluralidade.
As culturas religiosas, da nossa diversidade.
Hoje ensinamos o respeito às diferenças.
O direito que é de todos, de ter a sua crença.

2-Caminhando/ cantando, seguindo a Educação.
Somos educadores construindo a Nação.
Nas escolas, ensinamos com motivação.
Ensino Religioso, pra formar o cidadão.

Refrão
Hoje ensinamos, sobre a pluralidade.
As culturas religiosas, da nossa diversidade.
Hoje ensinamos o respeito às diferenças.
O direito que é de todos, de ter a sua crença.

3-Caminhando e cantando,
respeitando as religiões.
Somos todos iguais, nossas aspirações.
Ensinamos na escola, o fenômeno religioso.
Objeto de estudo do Ensino Religioso.

Refrão
Hoje! Eu não NEGO, este tais ensinamentos.
É muito importante entre os conhecimentos.
Por isso o defendo, dentro da BNCC.
Quero, muito respeito, ao ensino e o aprender.

4-Caminhando /dialogando /eis a grande questão.
As Matrizes Africanas e Indígenas em comunhão.
Alteridade da vida com as Matrizes Orientais.
Dialogando na certeza, com as Ocidentais.
Mesmo, aqueles que dizem não acreditar.
No meio destes estão, os sem religião.
O importante é o respeito e a compreensão.
Todos juntos, irmanados por esta Nação.

Refrão
Hoje avançamos com grande satisfação.
Com isso a certeza da nossa legislação.
Hoje temos um fórum, que se chama FONAPER.
Com ele aprendemos o que é o Candomblé.

Esta paródia foi a parte cultural apresentada e cantada por todos os presentes 
no dia 02 de junho de 2017, por ocasião da Audiência Pública realizada na Câmara Municipal de João Pessoa-PB que tinha como foco principal a exclusão do Ensino Religioso da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).




Atividades:


Uma dica para os professores de ER ou outros componentes curriculares:

1- Com este exemplo você pode trabalhar em sala de aula e criar com os alunos outras letras em outras músicas abordando os conteúdos em evidência;
2-Promover concurso de paródias em grupo;
3-Trabalhar com dicionário, para ver o significado das palavras que utiliza na paródia...
4-Use a sua criatividade.

Comentários