Tainá 2 -- A Aventura Continua - Cenas do Filme


Somos Todos Índios
Fagner
  

Há muito tempo que falo
Da natureza e de amor
Das coisas mais simples
Dos homens, de Deus
Canto sempre a esperança
Acredito no azul que envolve o planeta toda manhã

Depende de mim, depende de nós
Escuto um silêncio, ouço uma voz
Que vem de dentro
E enche de luz
Toda nossa tribo... Somos todos índios

Tenho pensado na vida
E no prazer de viver
Nas coisas bonitas
Entre eu e você
Meu canto sempre é de luta
Por um mundo de paz
Cuidar das florestas e dos animais.

Queridos professores de ER! 
Usem sua criatividade para o trabalho pedagógico com este belíssimo texto apresentado por esta música que parece uma prece à Mãe Natureza!!!



Comentários