DIVERSIDADE RELIGIOSA E ENSINO RELIGIOSO: Memórias, Propostas e Desafios




Bolo do FONAPER
Obra Comemorativa aos 15 anos do FONAPER. Este foi o grande presente dedicado à celebração desse evento. 

Este Fórum foi fundado em 26 de setembro 1995, e veio comemorar os seus 15 anos na cidade de João Pessoa-PB por ocasião do XI (SEFOPER), Seminário de Formação para Professores de Ensino Religioso no período de 23 a 25 de setembro de 2010.

Essa é uma dedicatória de abertura da obra ao Fórum.

      Ser FONAPER... É integrar um movimento, que transcende tempos, espaços e lugares e, ao mesmo tempo, é algo temporal, geográfico, extremamente pessoal e coletivo. É uma tessitura entre os tempos chronos e kairós; 
É história com dos/ as que nos antecederam, para que ele pudesse chegar a ser; É história com dos/as que conosco caminham, para que seja. É história com dos/as que nos sucederão, para que continue sendo...

    Ser FONAPER... É ser alegria, dor, luta, compromisso, sol, saudade, construção, ternura, denúncia, chuva, indignação,pesquisa, canção, estudo, vento,encontro, anúncio, solidão, beleza, companheirismo, noite, presença, reflexão, ausência, mística, dia, alteridade, morte, dança, cansaço, espiritualidade, vida, vida, vida!!!

       Ser FONAPER... É gratuidade extrema, é sentir a doçura do mel nas pequenas coisas, que duramente são conquistadas de forma coletiva, cúmplice, integrada e alteritária...

       Ser FONAPER... É buscar trazer à tona e à roda os direitos sagrados da terra e dos humanos, inviabilizados nas poeiras dos tempos; Nos corações que deixaram de pulsar, Olhos que deixaram de ver; Ouvidos que deixaram de escutar; Corpos amortecidos pelo cotidiano hodierno onde uma "coisa" vale mais que um ser humano.

       Ser FONAPER... É integrar um movimento maior; Movimento por justiça;  Movimento por liberdade; Movimento por direito à diferença. Um movimento que nos antecede  e é muito maior que nós - o direito à vida - o dever de permiti-la/fazê-la digna. Não somente para alguns; Ou, talvez, para muitos/as... Mas SIM para com todos/as.

      Ser FONAPER... É estar de passagem, mas ser permanente no compromisso, na troca, na partilha... É sentir o perigo e correr para socorrer; É sentir a bonança e se deliciar com sua fugaz morada; É ser com o grupo, o movimento, o projeto, e fazer o que lhe cabe em cada momento no tênue sopro de nossas vidas.

     Ser FONAPER... É aceitar o desafio de, em dado tempo, espaço, lugar buscar continuar o trabalho dos/as que nos antecederam e, depois, repassá-lo a outros/as companheiros/as da e na roda. O Movimento continua... Somos e sempre seremos FONAPER!

(Lilian Blanck de Oliveira. Inverno de 2010).

Organizadores: Adecir Pozzer; Elcio Cecchetti; Lilian Blanck de Oliveira; Remi Klein


SHARE
    Blogger Comentarios
    Facebook Comentarios

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial