O ENSINO RELIGIOSO NA EDUCAÇÃO INFANTIL


  

(Maria José Torres Holmes)
Percebemos que a Educação Infantil, assim como o Ensino Religioso ainda são vistos de maneira preconceituosa por alguns profissionais da educação e até mesmo por alguns familiares. Pretendemos mostrar a importância desses elementos na formação de nossas crianças, somando junto dos outros saberes na formação de sua personalidade, para que possam se tornar pessoas capazes de dialogar, de se sensibilizar, de amar, de respeitar, de acreditar e de lutar por um mundo cada vez melhor. Tornando-se verdadeiros cidadãos do universo. De acordo com a Resolução 009/2010 da Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa - PB,Capítulo II, Art. 6º 
A educação infantil norteia-se pelos princípios de igualdade e liberdade, pelos ideais de solidariedade, pela gestão democrática, tendo por finalidade o desenvolvimento integral da criança em seus aspectos físicos, afetivo, intelectual, social, contribuindo para o exercício da cidadania, pautando-se ainda: I-No respeito à dignidade e aos direitos da criança com suas diferenças individuais, sociais, econômicas, culturais, étnica, religiosa, sem discriminação. (Semanário Oficial 04/12/2010, p. 003/21) 
Como seres humanos, somos sempre desafiados, não só pela necessidade de sobrevivência, mas, pela necessidade de respostas. Assim, ao nos atermos à questão acerca do Ensino Religioso na Educação Infantil, nos vemos diante de diversos questionamentos que nos impulsionam a buscar respostas. Temos que considerar que todo ser humano vivencia uma experiência familiar que deve ser cultivada e ampliada com o decorrer dos tempos pela experiência social através do ambiente escolar, e da sociedade.
OLENIKI e DALDEGAN (2004, p. 57), afirmam: "No ambiente familiar o cuidar e o educar estão voltados às necessidades da criança, como: higiene, saúde, alimentação, afeto, atenção, normas, para a convivência social, normas de conduta, ética, expressões religiosas (gestos, orações...)".
É na Educação Infantil que essas experiências iniciam a partir da relação da criança com outras crianças e com a professora, seguindo uma seqüência lógica de que de que o cuidar, o educar e o brincar estão associados às necessidades básicas da criança para o seu pleno desenvolvimento.
A partir daí é que a criança adquire autonomia e ao mesmo tempo aprende a vivenciar os aspectos relativos ao seu desenvolvimento psico-social e cultural. Nesse percurso começa a se definir o desenvolvimento do processo de construção de sua identidade, acompanhado da socialização, e da valorização da história de cada criança, onde o aprender se confunde com o lúdico e ao mesmo tempo a criança interage com a outra numa atitude de respeito, valorização e confiança uns com os outros.
 No ambiente familiar essa dinâmica de cuidar e educar acontece livremente enquanto que no ambiente escolar ocorre de maneira articulada planejada previamente de acordo com a diversidade da cada realidade.
 Na escola temos várias atividades:
·         Desenhar, pintar, recortar, colar, etc.
·         Atividades lúdicas;
-   Atividades coletivas e individuais, entre outras.
Todas essas atividades estão voltadas para o desenvolvimento global da criança envolvendo a:
·         Psicomotricidade;
·         Linguagem;
·         Raciocínio lógico;
·         Noções de tempo e espaço.
·         Socialização.
É através do lúdico que a criança se socializa e aprende brincando, e isso vem refletir, facilitar e influir na sua formação integral. Segundo OLENIKI e DALDEGAN (2004, p.64)."Para operacionalizar o Ensino Religioso na Educação Infantil é necessário considerar uma proposta pedagógico-metodológica que possa desenvolver o processo de ensino-aprendizagem partindo de uma atividade lúdica, relacionada ao conteúdo que se deseja trabalhar, proporcionando ao educando uma inter-relação entre o mundo que o cerca e sua própria experiência religiosa".  
As autoras afirmam que o Ensino Religioso tem uma contribuição fundamental no processo de desenvolvimento integral da criança, uma vez que proporciona para a mesma ver o mundo de diferentes formas e ao mesmo tempo desperta para a convivência com as diferenças, respeitando-as e valorizando-as, o que facilita a compreender o seu relacionamento com a sua dimensão religiosa, e a do outro, através de:
·         Símbolos e orações;
·         Histórias dos líderes religiosos
·         Livros sagrados,
·         Festas religiosas entre outros
Dessa forma lúdica a criança vai se socializando e se familiarizando, crescendo fisicamente, cognitivamente e espiritualmente, onde o foco principal está na sua própria identidade religiosa, considerando também a diversidade inserida no contexto escolar. Isto acontecerá através do diálogo e do respeito às diferenças.
Isto é o que está acontecendo nas escolas do Município em João Pessoa.
                                            https://www.google.com.br/search?hl

Comentários

  1. Dica de leitura: educar para formar vencedores e quem ama educa! de Içamitiba

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Unknown!
      Agradecida pela dica de Leitura e convido você para ser seguidor (a)...Espero de você mais dicas de informações.
      Seja bem vindo (a)!

      Excluir
  2. Querida Prof. Maria José, gostaria de agradecer por este espaço rico da sua experiência. Sou uma jovem e inexperiente professora de ER, e me encontro em dificuldade de focalizar uma estrada humanística (a exigência da escola) para ensinar a crianças de 2, 3 e 4 anos. Recebi críticas, apesar de todo meu esforço, que minhas aulas são catequéticas. Isto me frusta muito pois, em meus estudos de Ciências da Religião e Teologia, aprendi a valorizar e amar a diversidades de crenças, além da minha fé cristã. Gostaria de realizar bem o meu trabalho, gostaria também que as minhas crianças aprendessem a olhar o mundo, o outro ao redor com olhar curioso, capaz de criar pontes de diálogo. E por isso me sinto responsável por aquilo que tento repassar mas parece que ainda, por minha falta de experiência, não consigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SimoBritto!
      Que bom saber que este BLOG está contribuindo com você nas suas aulas...Seja bem vinda, bem como uma seguidora.

      Excluir

Postar um comentário